home 
  rádio 
  equipe 
  programação 
  promoções 
  notícias 
  agenda de shows 
  casas de shows 
  galeria de fotos 
  rádio on-line 
  painel eletrônico 
  musica ambiente 
  cadastre-se 
  fale conosco 
 
Musical
07:00 hs às 08:00 hs
 

 
Orlando Morando estima entregar Hospital de Urgência, em São Bernardo, em 2019
Estimativa é que unidade custará R$ 113 milhões e disponibilizará 217 leitos aos pacientes
 

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), projetou entregar o Hospital de Urgência e Emergência até o fim de 2019. O complexo hospitalar vai substituir o antigo PS (Pronto-Socorro) Central, alvo de reclamações no passado.

As obras para construção do equipamento foram retomadas na semana passada, depois de a administração municipal solicitar reequilíbrio do contrato com a MPD Engenharia, responsável pelo projeto. O principal ponto rediscutido foi o valor da contrapartida municipal.

“O hospital custará R$ 113 milhões, com parte de investimento municipal e outra de recursos do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Antes, Prefeitura e BID dividiam igualmente o valor da obra. Houve uma rediscussão, de o Executivo empenhar 30% e o BID aportar 70%”, detalhou Morando. O rearranjo financeiro foi oficializado no mês passado, possibilitando a retomada das intervenções.

O Hospital de Urgência e Emergência vai disponibilizar 217 leitos – o PS Central dispunha de 120. “Vamos praticamente dobrar a capacidade na urgência e emergência municipal. Há mais conforto e melhor atendimento ao cidadão. Estamos indo na contramão da tendência. Estamos investindo em época de crise, abrindo equipamentos”, adicionou o chefe do Executivo.

No último dia 11, Morando e o secretário de Saúde, Geraldo Reple, vistoriaram a retomada das obras. Segundo a Prefeitura, são 100 homens trabalhando, com possibilidade de admissão de mais 500 funcionários para a etapa de construção. Quando estiver pronto, o hospital acolherá 1.500 colaboradores.

“Estamos fazendo a parte de fundação e em breve as colunas do equipamento já começarão a ser construídas. O HU será verticalizado, com sete andares, com toda a estrutura necessária para atender os moradores da cidade”, disse Morando. “Novo hospital está nascendo em São Bernardo, além de moderno, iremos oferecer um atendimento com conforto, qualidade e segurança. Além disso, a retomada dessa obra é a prova de que a gestão está preocupada e focada em melhorar a Saúde que é ofertada a todos”, ponderou Reple.

A construção do Hospital de Urgência e Emergência foi envolta de polêmica. Idealizada já no fim da gestão de Luiz Marinho (PT) à frente do Paço, a obra atrasou por problemas na fase de licitação. O contrato foi assinado em novembro de 2016.

Fonte: Diário do Grande ABC
 
   
voltar
Wesley Safadão
Ar condicionado no 15
Acácio
Foi amor
Simone & Simaria
Regime fechado
Joelma
Chora não coração
Marília Mendonça
De quem é a clpa
Mano Walter
Meu cavalo é show
Tayrone
Vai ter troco
Malla 100 Alça
Vai se arrepender
Léo Magalhães
Ai é quando dói
Junior Viana
Laranjinha
Thiago Jhonathan
Forró de pegada
Renner Bahia
Chamou chamou
Sacode
Você anda falando
Lagosta Bronzeada
Frio da solidão
Pablo
Desapeguei
Forró Boys
Coladinho
Washington Brasileiro
Manda um nudê
Moleca 100 Vergonha
Espelho meu
Bonde do Brasil
Você não manda em mim
Soró Silva
Gadinho novo
radio imprensa fm - 102,5 mhz   fone:11 3252 6046    São Paulo - Brasil
2006 - Todos os direitos reservádos